25 Outubro 2020

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Fogo/futebol: Spartak e Vulcânico empataram a um golo no jogo mais importante da jornada

  • PDF
Partilhar esta notícia

São Filipe, 15 Nov (Inforpress) – As equipas do Spartak e Vulcânico empataram neste domingo no estádio 5 de Julho a uma bola, no jogo mais esperado da segunda jornada do campeonato regional de futebol do primeiro escalão.

Numa tarde amena e propícia para a prática de futebol, as duas proporcionaram um futebol aquém do nível esperado pelos adeptos e a repartição de pontos justifica-se.

O Spartak, campeão regional em título que, na jornada inaugural tinha perdido frente a Baxada, marcou ainda na primeira parte, por intermédio de Colé, que aproveitou um erro defensivo do Vulcânico e manteve a vantagem durante quase todo o jogo, tendo a turma do Vulcânico chegado à igualdade na ponta final do desafio, por intermédio de Adérito, perante a passividade do sector defensivo do detentor do título regional.

Na última partida da segunda jornada, a formação de Valência derrotou a sua agremiação de Baxada de Santa Catarina do Fogo por duas bolas a zero, golos apontados por Basy, na primeira e segunda metade do desafio, num jogo equilibrado em que a Baxada também desperdiçou várias oportunidades de golos.

Resultado completo da segunda jornada: Botafogo 0 – No Pintcha 1, Cutelinho 5 – União de São Lourenço 3, Académica 1 – Juventude 0 (jogo não terminou por falta de visibilidade), Spartak 1 – Vulcânico 1 e Valência 2 – Baxada 0.

Com esta vitória, a formação de Valência reparte o primeiro lugar com a formação de Cutelinho dos Mosteiros, ambas com seis pontos, em duas partidas, seguido de Académica com quatro Botafogo, Baxada, No Pintcha com três pontos, Vulcânico com dois pontos, Spartak com um e

União de São Lourenço e Juventude com zero pontos.

Esta é a primeira vez que as chamadas equipas grandes e candidatos ao título não estão na liderança no início da prova regional do primeiro escalão.

JR/JMV

Inforpress/Fim

Leia ainda - Artigos mais recentes: