24 Setembro 2021

Video Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Spartak e Académico são os novos campeões regionais das ilhas do Fogo e do Sal

  • PDF
Partilhar esta notícia
O Spartak do Alto de Aguadinha realizou este sábado a sua maior proeza: sagra-se pela primeira vez, campeão regional de futebol do Fogo. A ilha do Sal também já apurou o seu campeão. Trata-se do Académico que no Sábado cilindrou por 8-0 a Académica. As duas equipas juntam-se agora aos já conhecidos campeões regionais: Mindelense (S. Vicente), Paulense (Santo Antão-Norte), Boavista (Santiago‑Sul), Académico 83 (Maio) e Académica (Boavista). Na última jornada, a equipa do Alto de Aguadinha cilindrou no Estádio 5 de Julho,em São Filipe, o Baxada de Cova Figueira por nove bolas a zero. Antes da partida, o Spartak tinha a morder-lhe o calcanhar a rival Académica, a escassos dois pontos abaixo. Por isso, tinha obrigação de vencer para conseguir o título. Com esta vitória, o Spartak escreveu mais um capítulo na história deste regional ao sagrar-se campeã pela primeira vez campeão do Fogo, representando a liga do vulcão no campeonato nacional. Em 18 partidas disputadas, ganhou 14, perdeu duas e empatou dois jogos. Com o resultado deste sábado somou 44 pontos. O novo campeão de futebol do Fogo tem o melhor ataque do campeonato. Apontou 73 golos e sofreu apenas 23. Na ilha do Sal, na primeira partida da tarde, o Académico esmagou a Académica por 8-0, no Estádio Marcelo Leitão. Na outra partida o Palmeira venceu Santa Maria por 2-1. O Académico e Palmeira somaram 20 pontos cada, entretanto, como Acadêmico marcou maior número de golos durante a época, sagrou- se o novo campeão regional na ilha do Sal. Em Santo Antão-Sul, o Marítimo (30 pontos) e a Académica (29 pontos) disputam este domingo a partida que vai decidir quem é o novo campeão regional. O Marítimo só tem de empatar para festejar, enquanto à tetra-campeã Académica só interessa a vitória. NC
Leia ainda - Artigos mais recentes: